GOPI e Grande Loja do Piauí assinam Tratado de Mútuo Reconhecimento e Compartilhamento de Território

Momento da assinatura

Em um momento histórico para a maçonaria piauiense, foi dado mais um passo importante entre duas potências maçônicas do Piauí, a Grande Loja e o Grande Oriente do Piauí (GOPI), onde ambas assinaram no Complexo Maçônico Reginaldo Rufino Leal que fica localizado na Zona Leste de Teresina, o “Tratado de Mútuo Reconhecimento e Compartilhamento de Território”, onde estavam presentes as maiores autoridades maçônicas do Estado.

O ato solene da assinatura ocorreu na manhã de ontem, sábado (14), no templo maçônico da Grande Loja em Teresina onde contou com a presença do Grão-Mestre Jarbas Nogueira Matias, do Grão-Mestre Ajunto – Ronalde Calixto de Souza, Edgar Mendy de Baeremaecke – Grande Secretário de Relações Exteriores e outros representantes da Grande Loja, Pelo GOPI estavam presentes, Genivaldo dos Santos Leal Grão-Mestre, Daniel Nogueira da Silva – Grão-Mestre Adjunto, Antônio Calixto Silva da Rocha Vieira – Grande Secretários de Relações Exteriores e outros representantes.

Na cerimônia da assinatura do tratado ainda estiveram presentes os ex-Grãos-Mestres do GOPI, Osvaldo, Campelo e Sebastião Feitosa que também foi presidente da Confederação Maçônica do Brasil (COMAB), Edivan de Sousa Araújo – Grande Secretário de Administração, Valternir, Sebastião, Pontes, Inácio além de outros representantes da potência que estavam em comitiva..Após a assinatura do Tratado de Mútuo Reconhecimento Compartilhamento de Território, foi dado um espaço que para as esposas dos maçons (Cunhadas) para que elas pudessem ler uma homenagem com o símbolo da PAZ na maçonaria universal.

Para o Grão-Mestre da Grande Loja Jarbas Matias, esse passo foi importante para a história da maçonaria no Piauí, pois no seu entendimento não pode haver divisão num mundo chamada Ordem Maçônica, e esse momento celebra uma data que ficará para a história do Piauí, e a Grande Loja se sente feliz com esse acontecimento, disse ele.

O Grão-Mestre do Grande Oriente do Piauí, Genivaldo dos Santos Leal, disse que esse era um sonho que se vinha sendo sonhando a exatos 33 anos, e hoje começa a ser realizado com essa assinatura, o trabalho que o GOPI vem desempenhando na maçonaria do Piauí tem sido histórico, e essa assinatura de tratado com a Grande Loja significa um passo gigantesco para uma instituição que só tem crescido no mundo, e aproveito para agradecer ao Grão-Mestre Jarbas Matias da Grande Loja pelo apoio desde do início das primeiras conversas, assim como agradeceu o apoio das comitivas do GOPI que mais uma vez marcharam juntos, disse ele.

GOPI e Grande Loja do Piauí assinam Tratado de Mútuo Reconhecimento e Compartilhamento de Território

Deixar uma resposta